Translate

Pesquisar este blog

Escrita terapêutica


Programa de Escrita Terapêutica  2017
Reconhecimento de vícios e virtudes (ReViVi)

O programa de escrita terapêutica ReViVi (Reconhecimento de Vícios e Virtudes), do ateliê Ato Com Texto, propõe ao participante ressignificar as emoções agregadas aos eventos passados e estimular novas atitudes em direção ao futuro.
Revivendo situações temáticas e dirigidas – “no aqui-e-agora” – cada indivíduo terá a oportunidade de escrever sobre gatilhos e afetos vinculados às suas histórias de vida, em contexto seguro e acolhedor.
Realizado uma vez por ano (grupo de cinco pessoas), o programa traz como aquecimento o popular poema épico, da Idade Média, Psychomachia, escrito por Aurélio Prudêncio, que personifica sete vícios e virtudes correspondentes.
Totalizando nove encontros semanais (4ªs-feiras das 19h30 às 21h30), e sem qualquer vinculação religiosa, os textos envolverão os temas luxúria/castidade, avareza/caridade, gula/temperança, preguiça/diligência, ira/paciência, inveja/bondade, vaidade/humildade.
A facilitadora dessa imersão é Solange Perpin, escritora e coach-terapeuta, criadora do ateliê Ato Com Texto em 2004, localizado na 905/705 sul. Ed. Mont Blanc sala 210 (Brasília/DF). Para saber mais, visite o blog atocomtexto1.blogspot.com
Se você gosta de escrever, busca autoconhecimento e quer expandir o seu repertório psíquico, não adie essa oportunidade de rever e reorganizar as suas emoções. Inscreva-se pelo whatsapp (61) 99961.6971 ou email sollpp@gmail.com

Programação

19/04  – Psychomachia (Aurélio Prudêncio)
26/04 – Luxúria x castidade
03/05 – Avareza x caridade
10/05 – Gula x temperança
17/05 – Preguiça x diligência
24/05 – Ira x paciência
31/05 – Inveja x bondade
07/06 – Vaidade x humildade
14/06 – Roda dos vícios e virtudes

Investimento real no impalpável*:
Lote 1 (até 28/03) – 3 x 430 ou R$ 1223 à vista
Lote 2 (até 03/04) – 3 x 450 ou R$ 1282 à vista
Último lote (até 07/04) – 3 x 470 ou R$ 1338 à vista

* As inscrições só serão efetivadas após depósito bancário Banco do Brasil Ag. 4595-0 conta-corrente 10.801-1

Escrita terapêutica: não importa o estilo, o que vale é experimentar



"O escrever é de alguma forma exorcizar, repelir criaturas invasoras, projetando-as a uma condição que paradoxalmente lhes dá existência universal." [Cortázar]







Pintura de Vemeer



A cura pela palavra...


Desde 2004, elaboramos atividades múltiplas e complementares visando estimular o autoconhecimento e o desenvolvimento do indivíduo.


Com foco dirigido ao aperfeiçoamento da comunicação e expressão pessoal, temos alguns projetos que envolvem – de forma integrada e bem articulada – as áreas: arteterapia e terapias expressivas, psicodrama, literatura, filosofia, arte-educação e a comunicação escrita. 

A escrita terapêutica (ou escrita expressiva - em inglês expressive writing é um deles.

Percebemos ao longo do projeto que um bloqueio pode resultar em uma dificuldade de expressão falada, uma insegurança pode interferir na produção de um texto adequado, a dificuldade em decodificar pode causar ruído na comunicação, diferenças culturais podem dificultar diálogos etc.

Nesse sentido, os laboratórios e as oficinas dirigidas têm mostrado surpreendentes resultados.

A escrita, além de organizadora do pensamento, é reveladora.

Para o ato de escrever precisamos de concentração, ordem, atenção. São muitos os sentidos envolvidos durante a produção escrita.

Os encadeamentos das palavras, das frases, dos períodos acabam por ter a função de mostrar como as informações estão armazenadas na mente, influenciando a compreensão pessoal.

De alguma forma, organizar essa escrita é também uma maneira de "reconfigurar" o escritor.

É um trabalho que, apesar de trazer (rever) momentos difíceis (vividos ou sentidos pelo participante), proporciona muitos outros momentos lúdicos e catárticos. Libertadores, até.


Abraços, e espero sua visita no ateliê!

Solange

___________________

Saiba mais sobre a escrita terapêutica

* Na matéria "O tratamento pela escrita", publicada pela Revista IstoÉ, em 2012, destaco a importância do texto terapêutico.

*Veja também a reportagem  Escrita para curar da revista Mente & Cérebro, 2008.

suplemento do E-zine publicado pelo Ateliê Ato Com Texto, 2008.

*Um blog exemplo (Flavia vivendo em coma) do quanto a escrita pode ter várias finalidades, inclusive a de ser terapêutica.

*Writing therapy  (wikipedia)

Boa leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário